Cerca de 2 mil pessoas passaram pelo festival
«Veggie Fest» é já uma referência
10-10-2018 | por Joana Gomes Costa
Cerca de duas mil pessoas passaram «Veggie Fest» que, nos dias 6 e 7 de Outubro, levou à Oliva Creative Factory o mundo do vegetarianismo, juntando propostas alternativas, com apresentações gastronómicas, palestras diversas e street food saudável. Tudo a pensar numa alimentação saudável.
Estatísticas

240 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar
Mais fotos

A organização do «Veggie Fest» faz um balanço bastante positivo desta terceira edição, que contou com cerca de 2 mil visitantes, destacando terem reparado em muitas novas caras entre o público que marcou presença nos dois dias do evento.
“Novas pessoas estão a despertar o interesse pela alimentação vegetariana e estilo de vida saudável, o que nos deixa muito contentes”, refere Pedro Andrade, destacando que também ao nível dos expositores houve novidades, abrindo a porta do festival às “novas marcas portuguesas emergentes neste nicho de mercado, que já começa a ganhar alguma tração na economia nacional e até mesmo na exportação”.
Do vasto programa, Pedro Andrade destaca a presença do chef Chakall, que voltou a marcar pela diferença, e o “maravilhoso showcooking de receitas Vegan na Cataplana” protagonizado por Lígia Santos, vencedora do MasterChef Portugal. Entre os expositores houve também espaço para “marcas relacionadas com a sustentabilidade ambiental, cosmética natural, detergentes ecológicos, direitos dos animais e também outros projetos com uma vertente de acção social”, uma aposta que surgiu da convicção de que “quem adopta um estilo de vida saudável, também está conectado com estas preocupações, para além da alimentação”.
Assumindo como principal objectivo “levar ao maior número de pessoas o conhecimento e as ferramentas necessárias que lhes permitam optar por um estilo de vida mais saudável e sustentável”, a organização considera que alcançou plenamente essa meta.
Pedro Andrade diz estar certo que no próximo ano o «Veggie Fest» estará de volta, só não pode ainda garantir “que aconteça também em S. João da Madeira”, embora confidencie que é desejo da organização “que toda a conjuntura seja favorável para que isso se realize”.
Assumindo-se como uma “organização hiperactiva”, Pedro Andrade partilha que tem já “muitos projectos em fase de desenvolvimento, de forma a conseguir o nosso objectivo principal que é o de chegar a toda a comunidade”.
“De realçar que em apenas um ano realizamos três eventos, onde fomos visitados por mais de 7000 pessoas, não contabilizando o alcance nas redes socias, onde temos já uma comunidade superior a 11 000 fãs e um alcance de mais de 150 000 pessoas”, concluiu.

Comentar

Anónimo