Volta cidade verde e colorida!
20-09-2018 | por Paulo Barreira
Estatísticas

1196 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar

As áreas verdes são uma das variáveis integrantes da estrutura urbana e a preservação dessas áreas está relacionada com o seu uso e integração na dinâmica da cidade. Se em alguns casos, o descuido são reflexos das ações humanas, a verdade é que cabe ao município a sensibilização e a responsabilidade de um planeamento correto, atento e dinâmico dos seus serviços na manutenção desses espaços.
A população depende para o seu bem-estar, não só de educação, cultura, desporto, eventos, equipamentos públicos, etc… mas também, de um ambiente com qualidade. As áreas verdes são importantes na cidade, porque assumem um papel de equilíbrio entre o espaço modificado urbano e o meio ambiente. Estes espaços são considerados como um indicador na avaliação da qualidade ambiental que interferem positivamente na qualidade de vida dos habitantes.
 No passado recente, o anterior executivo PSD/CDS-PP, deixou bem vincada a marca de cidade verde e colorida, onde os espaços verdes do concelho tinham cor e transmitiam vida, existia uma preocupação regular em manter uma imagem cuidada e limpa, um cartão-de-visita que deixava os sanjoanenses orgulhosos…
Para espanto da quase generalidade da população sanjoanense e para quem nos visita, o estado dos espaços verdes passaram num curto período de tempo a um descuido incompreensível, tamanha é a falta de manutenção e limpeza! Os relvados passaram a ser “ervados”, nos passeios as ervas daninhas crescem de forma anárquica que dá um mau aspeto tremendo! Os canteiros, as rotundas e os separadores centrais das vias de circulação automóvel, sem flores durante muito e muito tempo! O que se passou? Não sou só eu a constatar este facto, em conversa ou nas redes sociais é constante as manifestações de desagrado, provenientes de diferentes zonas da cidade.
Lembro que no mandato anterior, liderado por um executivo PSD/CDS-PP o número de técnicos de jardinagem eram os mesmos! Lembro, que as ferramentas e utensílios são os mesmos! Lembro também, que a autarquia não era gerida pelos mesmos, agora no poder…
É evidente, que existia um melhor planeamento dos recursos, um melhor mapeamento, melhor periodização no levantamento das necessidades de manutenção e acima de tudo, maior proximidade com a cidade.
Agora, a preocupação agrava só de pensar que a área verde vai aumentar com ampliação do parque do Rio Ul, para sul… Se no presente, os trabalhadores do setor já não chegam para as solicitações, julgo ser oportuno a edilidade começar a pensar numa gestão diferente para os espaços verdes do concelho e recuperar a marca de cidade verde e colorida.

Comentar

Anónimo