Gin and Street Food fora de prazo
Câmara PS é melhor a acabar com marcas do que a construir novas marcas
02-08-2018 | por Coligação PSD/CDS-PP
Estatísticas

3218 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar

Durante vários anos, os elementos do Partido Socialista, enquanto oposição, levantaram diversas questões em relação à animação da cidade, acusando o anterior executivo de nada estar a ser feito. No entanto, ao longo de diversos mandatos, foram criados eventos que envolviam as instituições e coletividades da cidade e que deixaram marcas na comunidade e em quem nos visitava. Na primeira oportunidade em que tomaram o poder, esta Câmara socialista conseguiu acabar com eventos como O Natal Desce à Rua, Noite de Reis, Arraial de S. João com Tasquinhas nas Festas da Cidade, o Passeio da Juventude, a qualidade dos nossos jardins e rotundas, entre outras marcas. “Esta câmara é melhor a acabar com marcas do que a construir novas marcas”, salientou Susana Lamas, demonstrando um grande descontentamento em relação a esta política de terminar com eventos criados pelas câmaras PSD/CDS-PP. “Não dar continuidade a eventos de qualidade que envolvem as coletividades sanjoanenses, e com sucesso garantido, é um erro desnecessário”, afirmou Ricardo Mota.
Felizmente, e mais vale tarde do que nunca, e por isso os partidos da coligação saúdam o executivo que, mesmo à última da hora, voltou com a palavra atrás na decisão sobre a não realização do evento Gin and Street Food. Talvez porque o sucesso pretendido no evento Hatweekend, em termos de adesão de público, não tenha sido o esperado, e tendo em conta o enorme investimento, que só nesta edição foi cerca de 200 mil euros!
Infelizmente, não foi isso que o senhor Presidente da Câmara tentou passar para a opinião pública, afirmando que o evento do Gin estava pensado, mas numa outra data. A ser verdade, quando questionado pelo deputado Paulo Barreira na Assembleia Municipal sobre a continuidade do evento, porque é que não o disse logo? Claramente que “o senhor Presidente não fala verdade em relação à realização do evento Gin and Street Food”, afirmou a Presidente do PSD, indo mais longe ao garantir que “o Hatweekend não teve o êxito para qual foi programado, por isso, volta gin, estás perdoado”.

Falha nos prazos atrasa Campeões
Esta gestão socialista é muito forte a não cumprir prazos. Prova disso é a Academia dos Campeões, onde os prazos de conclusão já terminaram há muito tempo! O contrato para a construção do campo foi assinado a 15 de dezembro de 2016, com um prazo de execução de 180 dias, e o dos balneários foi assinado a 6 de junho de 2017, com um prazo de execução de 120 dias. Se fizermos as contas, é fácil concluir que os prazos já se venceram há imenso tempo! E porque é que isto aconteceu? Esta é uma questão que nunca foi devidamente respondida. No entanto, desde a primeira hora que os vereadores e deputados da coligação alertaram a edilidade para o atraso inaceitável desta obra.
Segundo o vereador Paulo Cavaleiro, era possível acelerar todo o processo e a obra já poderia estar pronta e inaugurada. Não foi por falta de aviso dos vereadores da coligação que isto chegou a este ponto. Afinal, de quem é a responsabilidade? Quem foi que falhou, os empreiteiros ou a autarquia? Caso tenham sido os empreiteiros, a Câmara Municipal vai acionar o pedido de indeminização pelo atraso na conclusão da obra? Estas são algumas das questões que os sanjoanenses querem que sejam esclarecidas.
Fora do prazo, maio era o mês apontado para a conclusão da obra, posteriormente o executivo apontou para junho, mas, afinal, já entramos em agosto e não se vislumbra a conclusão da empreitada. Curiosamente, o presidente da câmara, na reunião de 24 de julho, com a maior “tranquilidade”, afirmou que este executivo não se sente responsável pelo atraso e garantiu estar, agora, a fazer tudo para que a 10 de agosto, data apontada pela A.D. Sanjoanense para o início dos treinos, o campo esteja operacional.
“Exigimos que a Câmara Municipal assuma que errou e que de uma vez por todas diga quando é que a obra estará concluída e ao serviço da comunidade”, afirmou a Presidente do PSD, Susana Lamas.
Por sua vez, o Presidente do CDS-PP, Ricardo Mota, reiterou “que o executivo camarário seja rigoroso nas suas afirmações e deixe de iludir os sanjoanenses com prazos que nunca cumpre”.
 

Comentar

Anónimo