Associação de Atletas Veteranos Terras de Santa Maria - Final da Taça 2017/2018
AD Argoncilhe levou a Taça
07-06-2018 | por Durbalino Dias
Estatísticas

475 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar
Mais fotos

AD Argoncilhe, 3 - AD Valecambrense, 0

Complexo Desportivo Arrifanense
Árbitro: Hernâni Preda
Auxiliares: Francisco Machado e Adelino Ramos
Quarto árbitro: Tiago Oliveira

aD. Argoncilhe: António Barros, Rui Batista, Carlos Pereira, Raphael Leite, Nelson Magalhães, Vasco Pereira, Pedro Magalhães, Rui Sousa (cap), Diamantino Barros, Cristian Silva e Diogo Santos
Jogaram ainda: Marco Machado, José Santos, David Oliveira, João Sousa, Vitor Jesus, José Carvalho e Carlos Silva
Treinador: Rui Sousa

aD. Valecambrense: Miguel, Alberto, Pereira (cap), Fernando, Mário, Pedro, Tozé, Oliveira, Jorge, Nandinho e Sérginho
Jogaram ainda: Ricardo, Damas, Tono Jorge, Amaral, Nani, Paulo e Júlio
Treinador: Alberto Luís  

Disciplina: Cartão amarelo para Diamantino, Rui Sousa e Nelson da A.D. Argoncilhe e para Mário da A.D. Valecambrense
Marcadores: Pedro Magalhães (15’ e 90’) e Cristian (33’)



Estava no horizonte de todos que iria ser um jogo bastante equilibrado, mas assim não aconteceu, embora os Cambrenses no início da partida se mostrassem com algum ascendente. Mas foi sol de pouca dura, pois a formação de Argoncilhe logo tomou conta do jogo e, à passagem do minuto 15, Pedro Magalhães, aproveitando uma brecha na defensiva dos homens de Valecambra, atirou forte e certeiro à baliza de Miguel, abrindo o marcador. Passado algum tempo, Nelson Magalhães poderia ter aumentado a contagem, mas o guardião Miguel, com algum arrojo, evitou que a sua baliza fosse violada pela segunda vez, atirando a bola para canto.
Continuavam a dominar a partida os homens de Argoncilhe, quando Sérginho, dos Cambrenses, se lesionou, saindo e dando lugar à entrada de Paulo, que também não mudou as caraterísticas do jogo, pois ao minuto 33, em mais uma jogada de ataque do Argoncilhe, pelo corredor esquerdo do seu ataque, a bola foi enviada para a área dos Cambrenses, aparecendo Cristian que, com um golpe de cabeça exemplar, colocou a sua equipa a vencer por duas bolas a zero, resultado com que se chegou ao intervalo.
Na segunda parte, o treinador de Vale de Cambra mudou praticamente toda a equipa, na tentativa de melhorar o seu fio de jogo e chegar ao golo, mas estava a equipa adversária bem na sua defensiva, não lhe permitindo essa tentativa. No entanto, o jogo estava equilibrado e foi quase na ponta final que o Argoncilhe deu a sua machadada final ao marcar o terceiro golo, quando eram decorridos 92 minutos, selando aí a sua vitória final e a conquista da Taça 2017/2018 da Associação de Atletas Veteranos Terras de Santa Maria.
Arbitragem impecável de Hernâni Preda, bem auxiliado pelos seus companheiros.

Comentar

Anónimo