Hóquei Patins - Séniores Masculinos - Zona Norte - 26.ª Jornada
Ferros impediram tranquilidade
10-05-2018 | por António Anacleto
Estatísticas

129 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar
AD Sanjoanense, 2 | HC Fão, 0
 
Jogo no Pavilhão dos Desportos da Associação Desportiva Sanjoanense
 
Árbitros: Porfírio Fernandes e Nazareno Duarte (Porto)
 
AD Sanjoanense: Marco Lopes (gr e cap), João Cruz, Pedro Cerqueira, José Almeida e Afonso Santos
Suplentes: Tiago Almeida, Pedro Rego, Bruno Moreira, Alex Mount e Bernardo Moreira (gr)
Treinador: Miguel Resende
 
HC Fão: Vítor Braga (gr), Bernardo Silva, Márcio Silva, Ivo Ventura e Diogo Sá
Suplentes: Diogo Machado (cap), André Barbosa, João Pereira, Justiniano Silva e Afonso Ferro (gr)
Treinador: Carlos Silva
 
Ao intervalo: 1-0
Marcha do marcador: 1-0 José Almeida (13’), 2-0 José Almeida (49’)
Ação disciplinar: Cartão Azul - José Almeida (29’), Justiniano Silva (50’)
Faltas: AD Sanjoanense 9 | HC Fão 12
 
 
No segundo jogo de duas partidas consecutivas em casa, a Sanjoanense derrotou o Fão por uns magros 2-0 face ao que se passou em pista. Isto porque, tal como tinha acontecido com o HC Marco, os alvinegros voltaram a revelar ineficácia e alguma falta de sorte na hora de finalizar, já que o conjunto orientado por Miguel Resende enviou nove(!) bolas aos ferros, numa tarde em que Vítor Braga, guarda-redes dos minhotos, encheu a baliza.
Apesar de ter tido uma entrada morna, a Sanjoanense começou, progressivamente, a acelerar e marcou, aos 13’, pelo inevitável José Almeida, avançado que vai consolidando o estatuto de melhor marcador da formação da capital do calçado. Certo é que, até ao intervalo, o resultado não mais se alterou e foi com a magra vantagem que a Sanjoanense veio para a segunda parte.
No entanto, aos quatro minutos, o Fão, que ao defender bem também procurava o erro alvinegro, poderia ter empatado, mas André Barbosa, na conversão de um livre-direto após um azul mostrado a José Almeida, não conseguiu bater Marco Lopes. Na resposta, e a jogar em underplay, Pedro Cerqueira falhou uma grande penalidade. O trauma das bolas paradas continuou e, aos nove minutos, Vítor Braga superiorizou-se perante José Almeida ao defender o livre-direto que castigou a décima falta do Fão.
O resultado manteve-se incerto, ainda que a Sanjoanense tenha desperdiçado uma panóplia de ocasiões, mas José Almeida lá garantiu a tranquilidade ao fazer o 2-0 a um minuto do fim. Houve ainda tempo para Bruno Moreira falhar outro livre-direto, depois de azul mostrado a Justiniano Silva. Resultado justo, mas escasso, tendo o Fão demonstrado ser uma equipa organizada, apesar de estar abaixo da linha de água, ao passo que a Sanjoanense conseguiu, pelo segundo encontro seguido, não sofrer golos. O guarda-redes Marco Lopes está, por isso, com a baliza inviolável há mais de 100 minutos. 
No sábado, o vice-líder da II Divisão Nacional - Zona Norte - viaja até à Póvoa de Varzim para enfrentar o CD Póvoa, às 18h30.
 
 
 
 
AUTOCARRO PARA A PÓVOA DE VARZIM
 
A Secção de Hóquei coloca à disposição dos adeptos autocarros para a Póvoa de Varzim. Jogo às 18h30, concentração, 16h10, partida, 16h20 do PAVILHÃO
Preço: 2€ viagem
Inscrições APENAS ATÉ SEXTA-FEIRA: 916 398 938.
 

Comentar

Anónimo