As férias da Páscoa na Escola Inglesa
12-04-2018 | por Diretora Clara Reis
Estatísticas

441 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar
Mais fotos
Numa altura em que parece que o caminho da educação se centra mais no processo de aprendizagem, no desenvolvimento de competências pessoais para as quais contribuirá, certamente, a flexibilização curricular, faz sentido o programa de ocupação das férias da Páscoa que a Escola Inglesa ofereceu aos seus alunos e a quem a eles se quis juntar.
Durante uma semana, realizaram-se atividades diversas onde se aprendeu, brincou, pesquisou, falando Inglês!
A preparação intensiva e condensada de um programa de exame, onde as aprendizagens não se concretizam num desenvolvimento na comunicação, mas sim na formatação de um conteúdo específico, não motiva os alunos, nem ajuda no seu percurso de formação.
Claro que a certificação é importante! Fomos grandes dinamizadores do sentir dessa necessidade, como sabe uma grande parte dos que connosco se certificou e cedo pôde ostentar a sua proficiência, correspondente a falantes nativos para, com essa competência e certificação, poderem concorrer a lugares de destaque na sociedade portuguesa ou estrangeira, sem barreiras de comunicação ou até culturais.
Uma língua é um instrumento de comunicação de um povo e a sua aprendizagem deve ser simultânea com a partilha de experiências e culturas.
A aprendizagem de vocabulário e da estrutura que dele se serve para construir frases, não é, há muito tempo, a forma de se ensinar e comunicar!
Durante esta interrupção letiva, os nossos alunos aprenderam Inglês, assim como diversos aspetos culturais inerentes à cultura onde ele se fala, ao mesmo tempo que exercitaram modelos de testagem às suas capacidades de comunicação.
Continuaremos neste percurso, abrindo horizontes e contribuindo para que os nossos alunos entendam que uma língua é um instrumento de comunicação e não uma disciplina de um currículo fechado e estanque.
Para os que estudam e para os que ensinam, e agora regressam à Escola, desejo que esta reta final do ano letivo, seja o menos tensa possível e que os objetivos de formação se concretizem.
Bom trabalho!
 

Comentar

Anónimo