Este sábado, numa iniciativa da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens
12 horas a correr por uma causa em S. João da Madeira
12-04-2018
Ao longo do mês de abril, a cidade também se “veste” de azul contra os maus tratos
Estatísticas

543 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar

A Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens instituiu Abril como o mês da prevenção dos maus tratos na infância e juventude.
 Nesse âmbito, como vem sendo habitual, a a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de S. João da Madeira vai dinamizar a uma corrida se sensibilização para o tema, este ano com contornos um pouco diferentes.
Intitulada “12 horas a correr por uma causa” (em vez das tradicionais 24 horas, pois o impacto nocturno não justifica esta duração), pretende-se que, neste sábado 14 de abril, das 11h00 às 23h00, cerca de 1500 pessoas possam participar e experienciar algumas dinâmicas no sentido da promoção de comportamentos positivos.
 Paralelamente a esta atividade, procura-se sensibilizar todos aqueles a quem a mensagem chegar para que se «vistam» de azul, convidando cada entidade, estabelecimento comercial, empresa, escola ou IPSS a colocar visível uma faixa, uma montra ou algum elemento de cor azul até ao dia 30 de abril.
O objetivo dessa atividade é provocar a seguinte questão na população que reside em S. João da Madeira ou que visita a cidade: «Porque está a cidade azul?». Uma pergunta que visa levar os cidadãos ao encontro da história do laço azul, que deu origem à criação deste mês da prevenção dos maus tratos.

Comentar

Anónimo