Centro Columbófilo de S. João da Madeira
Rufino Neto & Joel “triunfantes” de Espanha, em concurso “arrepiante” devido ao mau tempo
12-04-2018 | por Durbalino Dias
Estatísticas

127 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar
Este concurso de Espanha teve que sofrer alterações, no que diz respeito à solta dos atletas, que tiveram que esperar mais um dia para regressar ao seus pombais, devido às má condições atmosféricas, que não eram as melhores, (como ainda assim não foram) para voar de forma normal, pois os ventos fortes e a chuva torrencial que se fez sentir durante a tarde de domingo podia deixar milhares de pombos pelo caminho. Como é sabido, o pombo correio não tem fronteiras, não conhece barreiras, sabe sempre o rumo certo, mas tem necessidade que lhe deem todas as condições para que isso aconteça.
Este foi o primeiro concurso de FUNDO da época, como atrás já mencionei, mas decerto desastroso no que diz respeito aos atletas e concorrentes, pois, como de certeza já é de conhecimento da família columbófila, foram poucas, três ou quatro, colectividades, segundo informações, que no distrito marcaram dentro do limite, pois uma grande maioria de atletas na segunda-feira ainda não tinham chegado às suas colónias.
Com solta na manhã de domingo, cerca de 13 mil pombos foram soltos para o distrito de Aveiro, mas as previsões são que haveria muitas perdas neste concurso.
 No entanto, pelas 7h40, de domingo, 181 atletas largaram em direção às colónias sitiadas no centro sanjoanense, que não sofreram grande ataque do mau tempo. O atleta mais rápido e vencedor da etapa foi o n.º 6046473/16, que, voando à média de 65 km/hora, totalizando o tempo da etapa (530 km) em 8h12, dando a vitória a Rufino Neto & Joel. Porquanto se sabe, o centro sanjoanense foi dos que melhor estiveram a receberem, felizmente, os seus pombos.
Rufino Neto & Joel, que o diga, venceu marcando o primeiro lugar (A), o segundo (B), oitavo e nono (A) de chegada, Luís Assunção & Júlia também estiveram bem ao marcar terceiro e décimo, continuando a comandar a geral, mas com Rufino Neto & Joel mais perto do cimo da classificação. Baltazar & Hugo foram foram quartos e sextos, Francisco Santos, que tem andado um pouco escondido, deu nas vistas ao marcar o quinto e sétimo. Pela negativa, esteve Eusébio Silva, que não conseguiu marcar nenhum dos seus atletas, pelo que na geral levou um grande tombo, pois de terceiro passou para décimo na classificação geral, dando o seu lugar a Baltazar & Hugo, que semana a semana vai dando mostras de pregar alguma surpresa.
Neste fim de semana, volta a disciplina de Meio Fundo, com solta da cidade  de Beja (320 km de voo), pelo que o encestamento está marcado para sábado, dia 14/04/2018, das 16 às 16h30.  
 

Comentar

Anónimo