Campeonato de Portugal - Série B - 28.ª Jornada
E a luta continua...
12-04-2018 | por António Santos
Estatísticas

145 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar
Trofense, 0
Sanjoanense, 0
 
Estádio Desportivo Trofense 
Árbitro: Marcos Brazão
 
11 Inicial Trofense: Nuno Silva, Pedro Matos, Sérginho, Mika, Paulo Pereira, Fernando Lazcano, Asprilla, João Coimbra, André Viana, Leandro Albano e J.P 
Jogaram ainda: Luís Cortez , Bernardo e A. Moreno
 
11 Inicial ADS: Cristiano, Castro, Pedro Tavares, Pedro Santos, Sérginho, Miccol, Teles, Júlio, Mateus, Murillo e Mailó   
Jogaram ainda: Edi, Bruno Silva e Ken
 
A Sanjoanense conquistou mais um ponto importante no Campeonato, este domingo, ao empatar na deslocação ao Trofense (0x0), em encontro da 28.ª jornada da Série B.    
Após uma primeira parte muito pobre em termos de oportunidades, tanto para trofenses como para os alvinegros, com exceção a lances individuais com algum perigo, mas nada assustador.  
Neste jogo, o Trofense nunca viu muralha defensiva mais forte do que esta. Os caseiros reclamavam anti-jogo, mas o que é certo é que o Trofense não conseguia o golo. Ainda assim, a ADS espreitava o conta-ataque, mas sem arriscar muito. O mais importante era segurar um ponto para as contas finais.       
Não houve, assim, espaço para qualquer veleidade. Com 0x0, a equipa encheu os pulmões de confiança e abriu o livro das vontades. Havia uma espécie de dívida para com os adeptos e uma exibição de encher o olho era o que se pedia antes de tão importante jogo frente ao Freamunde. 
De uma equipa expectante para sair em contra-ataque, a Sanjoanense voltou dos balneários apostado em ter a bola de forma constante e chegar de forma capaz à baliza contrária, mas sem ordens para cometer erros defensivos ao quais pudessem “pagar caro” qualquer atrevimento. 
Do Trofense veio o consentimento. O ritmo muito baixo, a deixar o adversário jogar e a ser pouco astuto a sair para o ataque, houve uma estranha inércia a apoderar-se da turma Trofense, algo que não se viu várias vezes nos últimos jogos, mas que neste também não foi raro. 
Talvez a pensar no próximo jogo e nas diversas contrariedades físicas que se têm apoderado da equipa recentemente, foi um Trofense de serviços mínimos, que só num livre incomodou Cristiano e que foi deixando o tempo correr à espera do apito final. 
Até ao final, o Trofense ainda tentou consumar a vitória e até teve uma grande oportunidade, a bola chegou a entrar na baliza de Cristiano aos 90, mas o resultado manteve-se inalterado, já que o juiz da partida anulou o lance, com muitos protestos dos da casa.
Com este empate, a Sanjoanense é 9.º classificado, com 36 pontos, enquanto o Trofense é 10.º, com os mesmos pontos. A luta pela subida fez o Canelas perder terreno frente ao líder Felgueiras (2x1), de Ricardo Sousa, descendo ao 11.º lugar com 35 pontos, na zona de descida. 
Já despromovidos estão Freamunde e Sousense.
Ficam a faltar dois jogos para o final e esta divisão de pontos da equipa comandada por Fernando Pereira mantém a ADS acima da “linha de água”. Domingo vai ser, sem dúvida, um jogo muito importante na receção ao Freamunde.

Comentar

Anónimo