Nomeação surgiu depois das comemorações na cidade dos 131 anos da PSP de Aveiro
Hélder Andrade é o comissário escolhido para substituir Rosa Maria Gomes
08-03-2018 | por António Gomes Costa
Vem substituir Rosa Maria Gomes durante a sua Missão nas Nações Unidas. O comissario Hélder Andrade, de 31 anos, foi apresentado ao comando na passada terça-feira. O subcomissário Luís Vieira, que já se encontrava na Esquadra sanjoanense para substituir a comissário, vai para a PSP de Aveiro.
Estatísticas

1779 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar

O nome foi revelado no início da semana. Hélder Andrade, 31 anos, é o comissário que vem substituir Rosa Maria Gomes na Esquadra da PSP de S. João da Madeira. Relembre-se que a comissário parte no próximo domingo para uma Missão nas Nações Unidas, que terá a duração de um ano.
Depois da chegada, no final de Fevereiro, à Esquadra sanjoanense do subcomissário Luís Gonzalez Vieira que, desde 2012, tem assumido os destinos da Esquadra da PSP de Ovar, a nomeação do novo comissário terá surgido dois dias depois do aniversário dos 131 anos da PSP de Aveiro, que decorreu, na passada semana, em S. João da Madeira.
Luís Gonzalez vai “comandar a Brigada Civil” na PSP de Aveiro, tendo vindo, no final de Fevereiro, para a Esquadra sanjoanense, na qualidade de “adjunto ou comandante suplente”. Fonte da PSP garantiu à nossa reportagem que Luís Vieira “mal teve tempo de conhecer os cantos à casa”.
A nomeação de Hélder Andrade terá apanhado todos de surpresa na Esquadra sanjoanense. “Sabíamos que estava pedido um comissario à Direção Nacional, mas tínhamos a informação que não seria para breve ou mesmo se algum dia viria”, revelou-nos a mesma fonte. Adiantou-nos ainda: “tudo terá mudado durante o encontro com os responsáveis máximos da PSP em S. João da Madeira, durante as comemorações, com um membro da autarquia que solicitou a presença de um comissário”, uma vez que, sendo uma esquadra complexa, “não fazia sentido a mesma estar a ser gerida por um subcomissário”.


Comissário que gosta de desafios

Segundo apurámos, Hélder Andrade foi nomeado comissário há poucos meses. Esteve cerca de seis anos na divisão de trânsito na PSP do Porto, é natural de S. Miguel, Açores, reside em Santa Maria da Feira e quem o conhece afirma tratar-se de “um homem simpático, competente e de fácil trato”. Em declarações à nossa reportagem, assumiu apenas que gosta de “desafios” e considera que o facto de chegar a uma esquadra que não conhece só por si é desafiante, principalmente quando se sai de um “comando metropolitano para uma esquadra distrital”.
Recorde-se que, desde Outubro de 2017, a Esquadra da PSP de S. João da Madeira passou a ter o estatuto de complexa. Uma decisão da direção nacional da PSP. Este novo estatuto significa uma promoção na hierarquia da estrutura orgânica daquela força de segurança, permitindo maior dimensão organizacional, em que, desde logo, passa a existir um quadro de comando, com um comissário, quando, anteriormente, só previa um oficial (subcomissário).

Comentar

Anónimo