Futsal
08-03-2018
Estatísticas

462 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar

Taça Distrital de Seniores
Fundo de Vila ia causando surpresa neste encontro da Taça
A J Fiães,10 - Fundo de Vila, 6


Fundo de Vila alinhou com os seguintes elementos: Bruno Garcia, Ruben Ascênsio, Leandro Sousa, Mário Costa, Tiago Costa, Marcelo Silva, Valter Rodrigues, Valter Silva, Pedro Pinho, Bruno Maia, Daniel Silva e Artur Oliveira
Sempre se disse que não há dois jogos iguais. Na sua deslocação a Fiães para o campeonato, o Fundo de Vila sofreu uma pesada derrota por nove golos a um. Este era um jogo diferente e a eliminar, naturalmente foi mesmo um jogo diferente onde o conjunto de São João da Madeira se apresentou com uma equipa recauchutada de juniores e sem a sua equipa técnica.
Foi uma equipa que vendeu cara a derrota, lutando quase todo o tempo pelo resultado, dando uma extraordinária réplica e causando surpresa, porque se ia impondo e perseguindo a sua adversária no marcador.
Jogava o Fundo de Vila com grande determinação, garra e humildade, uma verdadeira demonstração de crer e de coragem acima de tudo. Naturalmente, é sempre preciso sorte e, numa questão de menos de dois minutos e com o resultado incerto, a equipa do Fiães faz quatro golos, desmoralizando assim o conjunto de Fundo de Vila que não merecia, por tudo o estava a fazer, esta derrota.
Uma enorme exibição da equipa do Fundo de Vila que se despede da Taça com honra e brio, saindo de cabeça bem erguida.
Neste encontro a eliminar, dado se tratar dum jogo da Taça em que nunca se pode dar por perdido antes da realização do mesmo, lamentavelmente o Fundo de Vila foi sem a sua equipa técnica, sendo que o adjunto do treinador estava a trabalhar e o treinador sr. Bruno trocou a sua equipa pelo jogo de futebol. Inédito ou talvez não, mas que é lamentável, isso é.
A equipa de arbitragem não esteve mal.
O próximo encontro terá lugar no dia 10 do corrente, pelas 17h00, contra a equipa do Arca, no Pavilhão das Travessas.

 

Campeonato Distrital de Infantis
A vitória da confirmação desta fase do campeonato
Lusitânia, 1 - Fundo de Vila, 5

Fundo de Vila alinhou com os seguintes elementos: Tiago Plaza, Diogo Pereira, Eduardo Almeida, Guilherme Ferreira, Marcelo Pinho, Rafael Silva, João Duarte, João Almeida, Igor Mesquita, Paulo Almeida e Tiago Monteiro
Treinador: André Silva
Delegados: Bruno Barbosa e Tiago Batista
Último encontro desta fase em que a dúvida residia apenas em saber quantos golos iria o Fundo de Vila marcar. Foram apenas cinco golos, sofrendo um, o que demonstra a superioridade da equipa de São João da Madeira.
Fundo de Vila nesta fase do campeonato foi a equipa que mais golos marcou, 60 golos, sofrendo apenas seis, a que menos sofreu, uma demonstração da sua superioridade em relação às equipas que teve de defrontar.
No próximo fim-de-semana, uma nova prova e naturalmente bastante mais complicada para a Taça Distrital, em que terão de defrontar a equipa de Escapães, Alquerubim, para além do campeão distrital ACR de Vale de Cambra e a equipa do Travassô, que igualmente disputou a fase dos campeões.
Naturalmente, dificuldade acrescidas, mas é possível, com trabalho, determinação, humildade e muita entrega, tudo pode acontecer e estes miúdos merecem que aconteça.
O árbitro deste encontro, demasiado autoritário, com alguma arrogância e prepotência ia estragando a festa aos miúdos, naturalmente, equivocou-se e não se apercebeu que eram miúdos e não seniores.
O próximo encontro te­rá lugar no dia 11, pelas 11h00, contra a equipa do Travassô, nas Travessas.

 

Campeonato Distrital de Juvenis
Um resultado perfeitamente ao contrário
Fundo de Vila, 4 - Gafanha, 5

Fundo de Vila alinhou com os seguintes elementos: Fábio Lino, Rafael Pereira, Gonçalo Oliveira, Daniel Silva, Gonçalo Silva, Telmo Reis, Roberto Costa, Tiago Barreleiro, Ruben Gonçalves e Carlos Conceição
Treinador: Carlos Santos
Delegados: Pedro Andrade e André Brandão
A equipa do Fundo de Vila quis dar uma prenda ao seu mister, tudo fez e tudo deu para o conseguir, mas os postes e a barra das balizas foram adversários intransponíveis, bem como uma excelente exibição do guarda-redes da equipa do Gafanha.
Merecia de facto esta equipa muito mais, como também merecia cumprir o seu objetivo de oferecer a vitória ao seu treinador. Ficou a intenção e o seu extraordinário empenho. Naturalmente, teve o Fundo de Vila de contar com a oposição da equipa do Gafanha, sempre bem organizada e empenhada, que igualmente lutou para levar a vitória.
Um encontro disputada com muito garra, com velocidade e com muita virilidade, mas sempre respeitando o adversário, sem maldade e com desportivismo.
A equipa de arbitragem fez um bom trabalho.
 O próximo encontro terá lugar no dia 10 do corrente, no Pavilhão da Escola Secundária Coelho Castro, em Fiães, contra a equipa do AJ Fiães,  pelas 15h00.

 

Campeonato distrital de Juniores
Boa exibição castigada com empate
Fundo de Vila, 5 - Saavedra Guedes, 5

Fundo de Vila alinhou com os seguintes elementos: João Pinho, Henrique Carola, Nelson Oliveira, Hugo Silva, Leandro Sousa, Valter Silva, Bruno Silva, Raúl Silva,  Filipe Silva e Bruno Maia
Treinador: Pedro Andrade. Delegado: Carlos Santos
A equipa do Fundo de Vila neste encontro mostrou maturidade, garra, espírito de luta e uma grande humildade. Mostrou o conjunto de Fundo de Vila uma outra capacidade de luta e uma enorme entrega na disputa da bola.
Entrou muito bem a equipa da casa, que depressa chegou aos dois a zero. Controlando o jogo e criando mais oportunidades, dominava em todo o campo mas não marcava, e assim a equipa de Saavedra ia começando a entrar no jogo e aos poucos deu a volta ao resultado, passando o mesmo para quatro a dois.
Não baixou os braços a equipa da casa, que até final do encontro tudo deu, mostrando o seu empenho neste encontro, sendo os minutos finais de grande emoção, com o resultado favorável à equipa visitante por cinco a quatro.
Foi necessário apelar a todas as forças, concentração e calma para nos instantes finais procurar o golo do empate. Pressionou o Fundo de Vila e conseguiu o golo do empate, que vem trazer outra justiça no marcador.
Uma arbitragem com um bom trabalho.
O próximo encontro terá lugar no dia 10, contra o Silvalde, pelas 15h00, no Pavilhão da Nave, Espinho.

 

Comentar

Anónimo