No âmbito da Campanha Poesia à Mesa
Cine S. João exibe filme sobre o poeta Al Berto
08-03-2018
Esta quinta-feira, às 21h30, nos Paços da Cultura de S. João da Madeira. Entrada gratuita
Estatísticas

474 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar

Sendo março o mês da campanha Poesia à Mesa em S. João da Madeira, a escolha do título para a sessão desta quinta-feira, 8 de março, do “Cine S. João” recaiu em “Al Berto”, o primeiro filme biográfico sobre o poeta, realizado por Vicente Alves do Ó e estreado em 2017, no vigésimo aniversário da morte do autor nascido em Coimbra em 1948.
 “Al Berto”, classificado para Maiores de 16 anos, passa no auditório dos Paços da Cultura de S. João da Madeira, às 21h30, com entrada gratuita, limitada ao número de lugares disponíveis. Os interessados devem fazer a reserva e levantamento dos bilhetes nesse equipamento municipal.
 A ação do filme decorre no verão de 1975: “Depois de uns anos em Bruxelas, Alberto Raposo Pidwell Tavares [Al Berto] regressa a Sines e instala-se no palácio da família, onde ensaia uma vida de comunidade. Encontra João Maria e apaixonam-se. Abre uma livraria na vila. Mas a gente da terra não estava preparada para tanta liberdade”.
Uma produção Ukbar Filmes, esta longa-metragem adapta ao grande ecrã, como se lê na página oficial do filme no Facebook, “um certo período da vida do poeta, pintor, editor e animador cultural que ficou para a história portuguesa como Al Berto”. Ao mesmo tempo, “revela uma geração de jovens atores, numa experiência coral, a estrear em 2017. com realização de Vicente Alves do Ó.
 Para uma tertúlia sobre o filme, esta sessão nos Paços da Cultura de S. João da MAdeira contará com a presença da atriz Raquel Rocha Vieira, que integrou o elenco de «Al Berto», desempenhando o papel de Sara.
 O “Cine S. João” é uma iniciativa que tem proporcionado, mensalmente, o visionamento gratuito de filmes portugueses nos Paços da Cultura, numa organização da Câmara Municipal de S. João da Madeira, com curadoria do Cine Clube de Arouca e apoio da associação sanjoanense APROJ.

Comentar

Anónimo