Futebol
Campeonato de Portugal - Série B - 19.ª Jornada
Canelas não foi praia para a ADS
08-02-2018 | por António Santos
Estatísticas

463 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar

Canelas, 2 - Sanjoanense, 0

11 inicial ADS: Cristiano, Andrii (Bruno Silva), Ken, Pedro Santos, Serginho, Teles, Syshi (Mateus), Júlio (cap), Esteves (Murilo), Tiago Borges, Mailó

11 inicial Canelas: Iván Cruz, Vítor Borges. Vítor Bastos, Salvador, Renan Andrade ,Rui Lima, Bruno Costa, George Ofosu, Mamadou Diallo, Macaco e Tiago Silva

A Sanjoanense deslocou-se, no passado domingo, a Canelas, para defrontar a equipa local, num jogo que se esperava bastante difícil para ADS.
Os dirigentes da formação de S. João da Madeira estavam receosos com a deslocação a Vila Nova de Gaia. O estádio da Sanjoanense tinha acordado  pintado com ameaças à equipa, no dia em que esta se deslocava a Vila Nova de Gaia para defrontar o Canelas.
Inscrições como «tic tac» e «a vossa hora está a chegar» surgem nas paredes do recinto, juntamente com «Ultras CNLS», o que supostamente indica que tudo terá partido de adeptos do Canelas.
De manhã, o presidente da AD Sanjoanense revelava à Antena 1 que a equipa ia ser escoltada pela polícia para o jogo marcado para as 15h00.
Recorde-se que os problemas entre Sanjoanense e Canelas começaram na primeira volta, quando as duas equipas se encontraram em S. João da Madeira. Na altura, familiares do treinador do Canelas desentenderam-se com sócios da Sanjoanense, o que levou o próprio técnico à bancada.
No que toca ao jogo, logo aos três minutos, a ADS entra a perder pelo golo apontado por Bruno Costa. Os alvinegros responderam e, à passagem da meia hora, Esteves e Mailó tiveram oportunidade de empatar a partida, mas a sorte não estava do lado da equipa comandada por Fernando Pereira.   
Na segunda parte, muito pouco futebol se viu, de parte a parte, poucas oportunidades, com sucessivas interrupções no jogo.  
Já perto do final, por alegada mão de Ken dentro da área, o árbitro assinala a grande penalidade, que Rui Lima na marcação não desperdiça e faz o resultado final.
No próximo domingo, a Sanjoanense recebe o líder do campeonato, Espinho, jogo de capital importância para a Sanjoanense.

Comentar

Anónimo