O Comboio que temos, o Comboio que precisamos!
11-01-2018 | por A Comissão Coordenadora de S. João da Madeira da CDU
Estatísticas

182 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar

O alvo do Passeio CDU deste domingo foi a estação da CP concretamente a observação do estado das suas instalações.
Dos comboios em circulação, já havia a informação do fraco serviço prestado, nomeadamente pela sua escassez ao longo do dia, a supressão de alguns destes em determinados períodos, e a inexistência completa nos períodos noturnos.
Quanto às instalações, é de facto frustrante o estado em que se encontram. Também do conhecimento que temos das outras estações, Feira, Oliveira de Azeméis, etc., a situação não é melhor!
Não deixa de ser interessante que apesar das péssimas condições em que este serviço é prestado às populações, há utentes que persistem em o utilizar! Confirmamos isso nesta nossa visita de domingo! O que não seria se as condições fossem outras!
Este não é certamente o serviço de comboios que S. João da Madeira precisa e merece. A sua população, os que aqui vêm desempenhar a sua atividade profissional, os que cá vêm por qualquer razão, ou os sanjoanenses que se queiram deslocar neste transporte para Norte ou para Sul, reivindicam há muito tempo que este seja um meio de transporte que possam usar com agrado, segurança e horários adequados. Isso é possível, assim o queira o Governo!
O PCP nunca deixou de, ao lado da população, exigir que também aqui a linha férrea seja um instrumento de excelência ao serviço da mobilidade da população!
Por isso o PCP apresentou e foi aprovada na Assembleia da República, em setembro de 2017, uma Recomendação ao Governo para que “elabore, até ao final do corrente ano, envolvendo os municípios e as populações, um Plano de Requalificação e Modernização da Linha do Vouga, designadamente da ligação Sernada do Vouga-Viseu” bem como de Aveiro a Espinho, dando prioridade à ligação Sernada do Vouga-Oliveira de Azeméis”.
Esta é uma luta que vale a pena continuar! A linha do Vouga pode voltar a ser um instrumento de aproximação das populações e um meio por excelência para a mobilidade de todos!
 

Comentários
Anónimo | 12-01-2018 01:26 Força nisso
Quantas resoluções ficam na gaveta se não existir pressão na AR? Esta luta já não é só nossa, mas sim em prol das populações futuras. Não devemos baixar os braços! A população sanjoanense anda muito acomodada, são ricos, todos tem carro, .comboios para o povo que trabalha pelo ordenado mínimo? Nunca foi prioridade!

Comentar

Anónimo