Despacho deverá ser conhecido nos próximos dias
Esquadra sanjoanense já é uma Esquadra Complexa
14-12-2017 | por António Gomes Costa
As esquadras da PSP de S. João da Madeira, Santa Maria da Feira e Ovar já são Esquadras Complexas. O anúncio ainda não foi oficialmente divulgado, mas deverá surgir nos próximos dias. Não se sabe para já se Rosa Maria Gomes irá ou não continuar à frente da Esquadra sanjoanense.
Estatísticas

712 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar

Ainda não existe despacho oficial, mas ‘O Regional’ sabe que a Esquadra da PSP de S. João da Madeira “já é uma Esquadra Complexa”. Fonte da PSP revelou-nos que, em breve, será divulgado um despacho, por parte da Direcção Nacional da Polícia de Segurança Pública, que “indicará quais as esquadras que foram consideradas complexas” por esta entidade.
Apesar de muitos agentes ainda desconhecerem esta alteração, sabe-se que, além de S. João da Madeira, também as Esquadras de Santa Maria da Feira e Ovar passam também a Esquadras Complexas.
Relativamente à delegação de S. João da Madeira, há muito que esta se encontrava referenciada para esta alteração. Em Outubro deste ano, ‘O Regional’ dava conta aos seus leitores disso mesmo, já que esta possuía “todas as condições” para ser uma Esquadra Complexa, pois dispunha de Divisão de Trânsito, Núcleo de Investigação Criminal (NIC), Modelo Integrado de Policiamento de Proximidade (MIPP), programas especiais e dispões de várias celas.
Esta decisão coube ao director Geral da PSP, uma vez que foi ele quem decidiu quais as esquadras que “sofreram alterações” e a publicação em Diário da República deverá surgir dentro de dias.

Esquadra tem 60 polícias

Chamam-lhe Esquadras Complexas da PSP. Um novo conceito operacional, que tem inerente mais valências e destaca-se pelo número de agentes, que é superior ao habitual nas actuais esquadras, que passam a serão comandadas por um comissário, e já não por um subcomissário.
Segundo conseguimos apurar, a Esquadra de S. João da Madeira tem neste momento cerca de 60 profissionais, sendo que, aproximadamente, 15 destes efectivos asseguram o serviço interno.
Recentemente, o Comando Distrital da PSP/Aveiro anunciou que o número de agentes na Esquadra de S. João da Madeira é “suficiente”, reconhecendo, no entanto, uma redução de efectivos, que se estende a outras esquadras a nível nacional.  
Rosa Maria Gomes assume os destinos da esquadra desde Dezembro de 2013, tendo sido a primeira mulher à frente dos destinos da PSP sanjoanense. Em Outubro, foi nomeada Comissário, um reconhecimento que surgiu “ao fim de 22 anos como Oficial da Polícia”.
Apesar destas esquadras serem comandadas por comissário, e não por um subcomissário, não se sabe nada quanto ao futuro de Rosa Maria, que “poderá ficar, ou passar a chefiar uma outra esquadra”, revela a mesma fonte.  
Recorde-se que a atual comissário da PSP de S. João da Madeira é licenciada em Ciências Sociais, natural de Gondomar, e residente em Ovar, foi, durante alguns anos, comandante da Esquadra de Intervenção e Fiscalização Policial de Espinho.
Profissional há mais de 20 anos, já exerceu funções em Cascais, Lisboa e Santarém. Como oficial, passou pela Escola Prática de Polícia, em missões internacionais em Moçambique e Cabo Verde.
Passou, ainda, pelo Comando do Porto, onde fez parte do núcleo deontológico e disciplina.


 

Comentar

Anónimo