Transparência, resposta para os sem-abrigo e código de ética e conduta
As primeiras medidas do presidente Jorge Sequeira
Ao longo da primeira semana de mandato, o novo presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira, Jorge Sequeira, lançou os dados para pôr em prática algumas das medidas prioritárias que anunciou no seu discurso de tomada de posse. Hoje, menos de três semanas desde que iniciou funções, o autarca socialista já deu despacho orientando os serviços de acção social a elaborar planos individuais de inclusão social dos sem-abrigo da cidade, remeteu a todos os funcionários municipais uma proposta de código de ética e de conduta e deu instruções para reformulação do site da autarquia, avançando assim em direcção ao objectivo de colocar o município “no topo em matéria de transparência”.
IMI, derrama e participação no ISR sem alteração no próximo ano
Câmara mantém taxas dos impostos municipais para 2018
A Câmara Municipal de S. João da Madeira aprovou manter inalteradas as taxas dos impostos municipais (IMI, derrama e participação variável no IRS) para o ano de 2018. O vereador da coligação PSD/CDS, Paulo Cavaleiro, propôs a redução da participação do município no IRS, como forma de promover a atractividade do município em matéria de impostos, mas o presidente da autarquia, Jorge Sequeira, não se mostrou favorável “por razões de prudência”, uma vez que, segundo avançou, alguns dos processos judiciais pendentes poderão vir a representar uma despesa “relevante” para os cofres do município.