O andebol é “fixe”
09-11-2017 | por Augusto Lopes
Estatísticas

113 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar
Mais fotos

O andebol feminino da A.D.Sanjoanense tem dado provas de grande a nível nacional, muito pela qualidade da sua formação, lembramos mais de uma dezena de atletas formadas no clube que acabaram por representar também a seleção nacional, damos o exemplo de Ana Andrade, jogadora que atingiu o topo do andebol feminino, campeã nacional e ser escolhida como a melhor jogadora na época de 2015/2016. Os grandes clubes, principalmente da 1ª divisão “pescam” em S. João da Madeira.
O andebol feminino tem neste momento na formação os escalões de Infantis, Iniciadas (A e B) e Juvenis, mas tem grande dificuldade na captação Bambis e Minis, ou sejam meninas com idade compreendida entre os 8 e os 10 anos, ou até com outra idade. Se és menina e estás dentro dessas idades comparece no Pavilhão das Travessas de 2ª a 6ª feira a partir das 19 horas e dirige-te ao responsável pela secção de formação, Pedro Santos, ou com o técnico Manuel António.
Segundo nos diz o técnico, a dificuldade na captação de meninas entre os 9/10 já não é de agora, ele próprio nos diz que a oferta é muita, mais recentemente é o voleibol e a patinagem artística, já para não falar em outras modalidades que o clube pratica. Por outro lado por vezes está enraizado nas pessoas de que o andebol é um jogo violento, nada mais errado.
Aqui fica o convite, “VEM EXPERIMENTAR E VAIS VERIFICAR COMO O ANDEBOL É FIXE, a escolha é tua, mas nós gostávamos de te ter por cá”.

 

Comentar

Anónimo