Encontro transnacional marcou o encerramento do «European Challenges & Opportunities»
O projecto que “mudou a vida” a 24 jovens
25-10-2017 | por Joana Gomes Costa
Realizou-se, na passada terça-feira, dia 24 de Outubro, o evento final do projecto «ECO – European Challenges and Opportunities», juntando em S. João da Madeira representantes de todos os parceiros envolvidos, nacionais e estrangeiros. Este projecto, que desafiou jovens desempregados, proporcionando acções de formação, estágios e workshops, que decorreram entre Portugal, Inglaterra, Escócia e a República Checa, ajudou a “mudar a vida” aos 24 jovens participantes.
Estatísticas

413 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar
Mais fotos

Uma experiência enriquecedora e para a vida. Assim se poderia resumir as experiências relatadas por cada um dos 24 jovens que participaram no programa «ECO – European Challenges and Opportunities». Divididos em grupos de seis, estes jovens (entre os 17 e os 30 anos), que se encontravam em situação de desemprego ou à procura do primeiro emprego, tiveram a oportunidade de participar em estágios de um mês em Londres, na Inglaterra, ou workshops de uma semana, que decorreram em Inverness, na Escócia, e em Praga, na República Checa. Todo o projecto foi financiado através do programa «Erasmus + Juventude em Acção».
Os testemunhos foram partilhados com todos os parceiros deste projecto no encontro final, que se realizou na passada terça-feira, dia 24, em S. João da Madeira. Relembre-se que o projecto decorreu nos últimos dois anos num consórcio coordenado pela Divisão de Educação da Câmara Municipal de S. João da Madeira, que incluiu as entidades sanjoanenses Escola Inglesa e Centro Tecnológico do Calçado de Portugal (CTCP), bem como três entidades estrangeiras Twin Training International (Londres, Inglaterra), Universidade de Highlands and Islands (Inverness, Escócia) e Evropská Agentura (Praga, República Checa). Contou ainda com o apoio de outras entidades nacionais, como o Centro de Emprego (IEFP), a Junta de Freguesia, a CPCJ, escolas sanjoanenses, Sanjotec e Clube de Empresários.
Empreendedorismo, criatividade e inovação foram as áreas abrangidas, sendo que os jovens participantes foram seleccionados com base em projectos de ideias apresentados em grupo ou individualmente.
Clara Reis, directora da Escola Inglesa, apresentada como o “coração deste projecto”, sublinhou que, entre os 24 jovens participantes, “todos estão ocupados”, a trabalhar ou a dar continuidade aos seus estudos, sendo que alguns encontraram oportunidades no estrangeiro. Assim, a responsável admite que o projecto “excedeu expectativas”.
Mas, para Clara Reis, o verdadeiro sucesso deste projecto será “notado pelos jovens que se juntaram a nós e vão usar as competências” que adquiriram com esta experiência no seu futuro.

Exemplo “do que a cidade deve fazer pelos seus jovens”

O presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira, Jorge Sequeira, marcou presença na sessão de abertura do encontro final do «ECO – European Challenges and Opportunities». E recordando que esta sessão decorreu poucos dias depois da sua tomada de posse, afirmou que esta foi uma “boa forma de começar” o mandato, considerando mesmo que este projecto é o exemplo “do que a cidade deve fazer pelos seus jovens”, pelo que defende a sua continuidade.
Jorge Sequeira lembrou que a luta pela Emancipação Concelhia de S. João da Madeira, conquistada há 91 anos, partiu do espírito empreendedor dos sanjoanenses que nos transformou no “concelho mais pequeno do país”, mas um caso de estudo a nível nacional.
O autarca reconheceu ainda a importância dos jovens adquirirem experiência no estrangeiro, partilhando também algumas das suas memórias particulares.
“Este projecto mudou vidas”, acredita Jorge Sequeira, reafirmando que neste mandato definiu a educação como uma prioridade, estando previsto no seu programa o desenvolvimento de um projecto semelhante “numa escala maior”.

Comentar

Anónimo