Tomada de posse dos novos órgãos autárquicos da Junta de Freguesia
“Uma equipa com uma grande visão de futuro”
19-10-2017 | por António Gomes Costa
A nova equipa eleita para dirigir os destinos da Junta de Freguesia de S. João da Madeira tomou posse esta semana. O novo executivo é liderado uma vez mais por Helena Couto, tendo Paulo Silva sido eleito presidente da Mesa da Assembleia. Neste mandato 2017/2021 é notória a presença de muitos jovens.
Estatísticas

1192 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar
Mais fotos

A sala de sessões do edifício da Câmara Municipal de S. João da Madeira foi pequena para receber, na última segunda-feira, dia 16, a tomada de posse dos novos órgãos autárquicos para o mandato 2017/21, eleitos nas eleições autárquicas realizadas no passado dia 1 de Outubro. A instalação da Assembleia de Freguesia foi iniciada pela presidente cessante, Norlinda Lima, que delegou na reeleita presidente da Junta de Freguesia, Helena Couto, a constituição dos membros daquele órgão para os próximos quatro anos, que volta a ter a presidência de uma mulher.
Norlinda Lima, despedindo-se do cargo, não escondeu a emoção de ver uma sala cheia. “Foi algo que eu sempre tentei mas nunca consegui”. Recordou que nos últimos quatro anos teve sempre a grande preocupação de cumprir o regimento e deu sempre aquilo que tinha, podia e sabia. Relativamente à nova equipa, acredita que, além das cores políticas, todos vão seguir no mesmo sentido, “o bem de S. João da Madeira e dos sanjoanenses, que é o que interessa a todos”.
Norlinda Lima saiu fazendo um pedido à nova mesa. “Um voto de louvor para os bombeiros, populares, agentes policiais e vítimas” dos incêndios, que causaram no último domingo mais de 40 mortes, pedido esse que foi aceite depois de constituída a mesa e os membros da Assembleia de Freguesia.
No primeiro discurso após a tomada de posse, a reeleita presidente da junta, Helena Couto, começou por agradecer a “confiança” dos sanjoanenses para que possa continuar a gerir os destinos da Junta de Freguesia. A autarca assumiu que tudo irá fazer para dar continuidade ao trabalho “responsável, sério, transparente, próximo das pessoas”, tendo sempre como prioridade o bem estar dos sanjoanenses, “assumindo sempre os nossos compromissos”, enfatizou.

“Os interesses da cidade em primeiro lugar”

Helena Couto salientou ainda que até 2021 vai estar rodeada de uma equipa “jovem, dinâmica, empenhada, disposta a trabalhar. Uma equipa com uma grande visão de futuro”. Durante a sua breve intervenção, Helena Couto pediu para que a oposição “critique, que nos questione, estamos aqui para vos ouvir e receber as vossas propostas”, sublinhou.
Depois de eleito presidente da Mesa, Paulo Silva começou por assumir ser uma “honra” ter sido eleito para um cargo “por onde já passaram vários presidentes. É uma alegria enorme terem apostado num jovem”, agradecendo o voto de confiança. O novo presidente da Assembleia de Freguesia garantiu que tudo irá fazer “para que todos os desafios sejam ultrapassados”, concluindo: “tudo farei juntamente com todos vós para que esta Assembleia de Freguesia seja reconhecida e honrada”, uma vez que ainda é vista por muitos como “o parente pobre dos órgãos autárquicos”.
Joana Dias, da CDU, salientou, numa breve intervenção, que o seu partido tudo fará “para que sejam uns bons quatro anos de governação para S. João da Madeira, tendo sempre presente os interesses de S. João da Madeira”.
Por sua vez, Deolinda Nunes, do PPD-PSD/CDS-PP, desejou que este mandato que agora começa seja “repleto” de sucessos e que os partidos possam trabalhar em conjunto para “o bem de S. João da Madeira”, salientando que “a democracia é isto mesmo”, assumindo respeitar a decisão dos sanjoanenses nas últimas eleições, que escolheram Helena Couto para presidente da Junta de Freguesia. Deolinda Nunes assumiu também que a posição do seu partido será sempre construtiva. “Estaremos ao lado do executivo da junta quando entendermos estar de acordo com aquilo que nós pensamos que é o melhor para S. João da Madeira e teremos uma posição construtiva e saudável quando assim não for”.
Daniel Oliveira, do PS, felicitou todos os eleitos, garantindo que o seu partido estará disponível para “contribuir e apoiar o processo”, permitindo e apoiando um debate “político profícuo para construir uma cidade de futuro”.
Além de Paulo Silva (PS) na presidência, a Mesa da Assembleia de Freguesia será constituída pelos secretários Danilo da Silva Fernandes, 1.º Secretário, PS e Maria da Conceição Duarte Leite, 2.º Secretário, PPD-PSD/CDS-PP.

 

Quem é Paulo Silva…
Paulo Manuel Correia da Silva tem 28 anos, é casado e natural de S João da Madeira.
É licenciado em Ciências do Mar e Mestre em Ciências do Mar e das Zonas Costeiras, pela Universidade de Aveiro. Actualmente, desempenha funções como Técnico Superior de Ciências do Mar e é cofundador da startup TOPAME incubada na Sanjotec – Centro Empresarial e Tecnológico.
Foi membro da Assembleia de Freguesia de S. João da Madeira no último mandato (2013/2017), tendo sido líder de bancada do Partido Socialista.
O novo presidente da Assembleia de Freguesia é presidente de Mesa de Assembleia Concelhia da JS de S. João da Madeira, representante da JS na Comissão Política Concelhia sanjoanense do PS, é representante da JS na Comissão Política Federativa de Aveiro do PS. Foi ainda representante da JS no Conselho Municipal da Juventude em S. João da Madeira, em 2014 e 2015, e desempenhou funções como membro do Secretariado da JS de S. João da Madeira entre 2013 e 2015.

 

Membros da Assembleia de Freguesia

Daniel Filipe Pardal Oliveira – PS
Filomena Maria Carvalho Sousa – PS
Heitor Bernardo Silva – PS
Teresa Regina Marques da Silva Nunes Pires – PS
Duarte Amorim Lima Vieira Araújo – PS
André Filipe Alves Silva – PS
Fátima Beatriz Duarte Pedro Francisco Esteves – PS
Filipe Pinto Loio – PS
Rui Manuel da Silva Ramos de Oliveira – PS
Deolinda Isabel Santos Nunes – PSD/CDS-PP
José Miguel Correia Dias – PSD/CDS-PP
Germano de Sá Oliveira – PSD/CDS-PP
Ana Rita Laranjeira da Silva Azevedo – PSD/CDS-PP
Marco António Moutinho Fernandes – PSD/CDS-PP
António Manuel Soares dos Santos Belo – PSD/CDS-PP
Joana Filipa Moreira Dias – CDU


 

Comentários
Anónimo | 22-10-2017 23:35 O que fez
O que fez Paulo Silva pela cidade para ter um cargo politico desta responsabilidade? Nada de nada. A cidade está entregue aos bandeirolas da JS, que nem isso já fazem.

Comentar

Anónimo