Domingos Milheiro deixa paróquia ao fim de 19 anos
Padre Álvaro Rocha chega à cidade dia 22
13-10-2017 | por António Gomes Costa
A paróquia de S. João da Madeira recebe o novo pároco no próximo dia 22, numa eucaristia de “boas vindas”, que assinalará a sua entrada na cidade. É esperado um elevado número de paroquianos, que pretendem acolher o seu novo padre e despedir-se de Domingos Milheiro, que serviu a igreja nos últimos 19 anos.
Estatísticas

585 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar

O novo pároco de S. João da Madeira chega à cidade dia 22 de Outubro. Álvaro Rocha, até agora Padre de Foz do Sousa, será o novo abade, substituindo Domingos Milheiro, que chegou à paróquia sanjoanense em Novembro de 1998.
Álvaro Rocha, de 50 anos, Assistente do Núcleo Centro-Norte do CNE, foi ordenado padre a 14 de Julho de 1991, será recebido numa celebração religiosa na igreja Matriz, acompanhada pelo Grupo Coral da Igreja, numa cerimónia de boas vindas ao novo abade, pelas 15h30, na Igreja Matriz de S. João da Madeira, onde é esperado um elevado número de paroquianos que pretendem acolher o seu novo Padre.
O novo responsável eclesiástico tinha já assumido a ‘O Regional’ não conhecer muito bem S. João da Madeira e “que nestas coisas a paróquia faz o padre e o padre faz a paróquia”, mostrando-se optimista quanto à sua vinda para a cidade.
Salientou também que o primeiro pároco que conheceu foi o Padre Aguiar, destacando-o como “um padre de referência pelo seu dinamismo no trabalho que fazia”. Mais tarde, começou a saber e a conhecer determinados pormenores e um pouco da história, tendo visitado algumas capelas, mas “nunca acompanhei a vida nem a comunidade da cidade”.
Recorde-se que esta nomeação surgiu depois de Domingos Milheiro atravessar alguns problemas de saúde, que o têm limitado e condicionado na maioria das tarefas religiosas.
A sua saúde levou Domingos Milheiro a pedir à Diocese do Porto que fosse substituído, embora se mantenha no activo, mas “numa freguesia com menor número de habitantes”.
Ao serviço da cidade durante 19 anos, o abade vai agora assumir as suas funções de sacerdote na freguesia de Pigeiros, em Santa Maria da Feira. Segundo apurámos, Domingos Milheiro tem vindo “aos poucos a despedir-se em algumas eucaristias dos sanjoanenses”. Segundo soubemos, um grupo de pessoas tinha como objectivo realizar uma homenagem ao pároco que agora deixa a cidade, mas, “para já, isso não vai acontecer, uma vez que esta sua saída da cidade não está a ser fácil para ninguém”.
Recorde-se que, recentemente, Domingos Milheiro tinha já dado conta à nossa reportagem que levará “muitas recordações” do tempo em que conduziu os destinos da igreja sanjoanense. “Foram anos muito bons que vivi em S. João da Madeira. Muita coisa foi feita, outras ficaram por fazer, gostava de ter feito mais e melhor”, disse, mas garantindo que “tentei cumprir o meu papel”.
Domingos Milheiro, natural de Escapães, Santa Maria da Feira, acredita que o seu substituto dará continuidade ao seu trabalho.
Ao longo dos anos, a sua missão e desempenho têm sido reconhecidos pelos fiéis, que agora vão conhecer um novo pároco.

Comentários
Anónimo | 13-10-2017 12:49 Seja bem vindo
Seja bem vindo senhor Padre. Esta terra sabe receber. Oxalá se sinta bem.

Comentar

Anónimo