Associação de Jovens Ecos Urbanos
“Continuamos a ser uma marca de irreverência na cidade”
06-10-2017 | por Joana Gomes Costa
A comemorar duas décadas de história, a Associação de Jovens Ecos Urbanos é hoje uma entidade já afirmada no “panorama associativo local, mas também regional e nacional”. A sua presidente, Rita Pereira, sublinha a ‘O Regional’, a propósito do aniversário, que os Ecos continuam a ser “uma marca de irreverência na cidade”. Para assinalar a data, a Associação lançou o projecto «Bichos do Mato», que se propõe levar a cultura a casa dos sanjoanenses. A primeira edição decorreu no passado sábado, numa “noite absolutamente incrível”.
Estatísticas

550 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar

‘O Regional’ – Que balanço faz a direcção destes 20 anos dos Ecos Urbanos? São uma Associação de Jovens, mas com um trabalho relevante na área social...
Rita Pereira – A Associação de Jovens Ecos Urbanos já se afirmou no panorama associativo local, mas também regional e nacional. O trabalho que desenvolvemos a nível social é o grande responsável por esse reconhecimento ‘além-fronteiras’ concelhias, mas por cá o impacto que temos na vida cultural da cidade é o que nos é mais facilmente imputado. O que muita gente não sabe é que muito desse trabalho é feito em estreita colaboração entre a área social e a animação sociocultural.
Ao longo destes 20 anos, amadurecemos associativamente, mas consideramos que continuamos a ser uma marca de irreverência na cidade. O balanço é, portanto, extremamente positivo!

No aniversário apresentaram o projecto «Bichos do Mato», que se propõe apresentar momentos culturais em casa de sanjoanenses. Têm tido feedback positivo, há pessoas disponíveis para abrirem as portas de sua casa a este projecto?
O projecto «Bichos do Mato» estreou no dia 30 de Setembro e foi uma noite absolutamente incrível. O feedback de quem lá esteve foi tão positivo que já recebemos contactos, não só de pessoas para serem os anfitriões do evento, como de artistas a quererem actuar para todos em casa de alguém. Já nos pediram para levar o projecto para fora do concelho… Isso para nós é um indicador de que entrámos com o pé direito e que este projecto tem tudo para ser um sucesso.

Que outros projectos têm pensado para o futuro?
Neste momento, além deste novo projecto mensal («Bichos do Mato»), queremos relançar a campanha de sócios. É importante que a comunidade se junte e dê eco à nossa causa.
Temos também agendado para o dia 24 de Novembro o nosso habitual Jantar de Solidariedade, e estamos a pensar nas nossas actividades de Natal. Brevemente, aquando da realização do nosso Plano de Actividades e orçamento, avaliaremos a possibilidade de integrarmos outras rúbricas, mas não posso adiantar nada para já.

Comentar

Anónimo