Jorge Sequeira continua a contatar os sanjoanenses e as forças vivas da cidade
27-07-2017 | por O Gabinete de Comunicação do PS
Estatísticas

1106 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar
Mais fotos

Assim, o candidato socialista prosseguiu com a visita aos serviços municipais, tendo dialogado com os trabalhadores afetos aos setores da jardinagem e da manutenção dos edifícios e estruturas municipais. Visitou, ainda, o Centro Tecnológico do Calçado, polo de qualidade e inovação. Para se inteirar das condições de segurança da cidade, Jorge Sequeira reuniu com a Comandante da Esquadra da PSP local.  
No plano empresarial, o socialista visitou, entre outras, as empresas Helsar e Heliotêxtil, tendo reunido com as respetivas administrações e trabalhadores.
Os candidatos socialistas visitaram igualmente o Mercado Municipal e moradores dos Bairros do Orreiro e do Poder Local.
Jorge Sequeira, recorde-se, é o candidato do PS a Presidente da Câmara, tendo como mandatário da sua candidatura Pedro Nuno Santos, atual Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares. O candidato socialista, advogado de profissão, tem uma forte ligação à vida associativa e política local, tendo sido Diretor dos Bombeiros Voluntários de São João da Madeira e Presidente do Conselho Fiscal da Associação de Jovens Ecos Urbanos. Neste momento, o candidato do PS é Presidente da Mesa da Assembleia Geral da ACAIS.
 
 

Comentários
Anónimo | 13-08-2017 16:03 Quanto não vale uma campanha?
Agora o dr. Jorge Sequeira, que sempre foi bom rapazinho, diga-se em abono da verdade, passou a aparecer por cá. Desde há muito que a vida o tinha deixado à margem de tudo o que de bom e mau tem acontecido no burgo. A campanha muda tudo. É preciso mudar a imagem. Ele vai a fute"boys". casamentos, funerais, baptizados e eventos da "coltura" local.
Mas não só, ele também mostra os afectos, como o nosso Marcelinho, nas redes sociais e nos jornais e tenta compensar a sua fama de celibatário enfadonho.
É uma pena que tenha chegado tarde o nosso amigo, se se tivesse preparado a tempo, fazendo uma boa politica com as forças à sua esquerda conseguiria mas assim não vai dar. .
E pior de tudo pode ficar em terceiro.

Comentar

Anónimo