Jorge Sequeira “quer programa construído com os sanjoanenses”
18-05-2017
O candidato do Partido Socialista à Câmara Municipal de S. João da Madeira, Jorge Vultos Sequeira, iniciou uma ronda de contactos temáticos com organizações e agentes da sociedade civil sanjoanense com vista à construção do programa eleitoral.
Estatísticas

251 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar

A primeira reunião, que se realizou na Torre da Oliva, versou sobre desporto e foi muito participada, tendo contado com a presença de duas dezenas de personalidades ligadas ao desporto na cidade, sendo alguns atletas, treinadores, professores e dirigentes. A reunião serviu para fazer um diagnóstico da situação em que se encontram as associações e as infraestruturas desportivas e foram apontadas pistas para o que deve ser o papel da Câmara Municipal no fomento da atividade desportiva em S. João da Madeira. Entre muitos outros assuntos, falou-se sobre os contratos-programa, carta desportiva, desporto escolar, desporto de lazer, desporto para idosos e, naturalmente, desporto de competição.Recorde-se que Jorge Vultos Sequeira foi, no passado dia 20 de abril, aprovado na Comissão Política Concelhia do PS como o cabeça de lista à Câmara Municipal de S. João da Madeira para as eleições autárquicas de 2017. É advogado, tendo sido formador do Processo Penal no Centro de Estágio da Ordem dos Advogados do Porto, tem 44 anos, e foi membro da Assembleia Municipal durante quase 20. Entre 2005 e 2007 esteve no Governo de Portugal enquanto Chefe de Gabinete do Subsecretário de Estado da Administração Interna. Atualmente é vice-presidente da Federação de Aveiro do PS, que é presidida pelo sanjoanense Pedro Nuno Santos, atual Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, e a nível associativo desempenha as funções de presidente da mesa da Assembleia-geral da ACAIS, associação de apoio aos idosos sanjoanenses.
Nas próximas semanas seguir-se-ão outras reuniões temáticas com as forças vivas da cidade tendo em vista o mesmo objetivo.

Comentários
Anónimo | 21-05-2017 10:23 Tristeza
E os militantes da concelhia continuam sem nada saber,a menos que os jornais o noticiem. e muito menos a ser envolvidos em nada. Impera o sistema feudal entre portas do PS. Vai por muito mau caminho o candidato do PS. Quem não consegue cativar os seus militantes, como pode almejar cativar os sanjoanenses para votos e muito menos dizer que os vai envolver e ouvir, se nem sequer aos militantes da concelhia se apresenta como candidato. .Sem duvida que o PSD vai continuar no Poder na cidade e por muitos e muitos anos.

Comentar

Anónimo