Hóquei em Patins
Sub-20 (Juniores) - Fase Final - 5.ª Jornada
Avalanche negra afundou a nau do Infante
18-05-2017 | por António Anacleto
Estatísticas

117 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar
Mais fotos

Sanjoanense, 14 - C. Infante Sagres, 6


Jogo no Pavilhão da Associação Desportiva Sanjoanense
Árbitro: Marco Gomes (Aveiro)

AD Sanjoanense: Bernardo Moreira (gr), Tiago Almeida, Alex Mount, Hugo Santos e Pedro Rego (cap.)
Suplentes: Daniel Couto, Pedro Ferreira, João Cruz, Eduardo Bóia e Vasco Bornes (gr)
Treinador: Franklin Silva

C. Infante Sagres: Pedro Magalhães (gr), Bernardo Castanheira, Nuno Barata (cap.), Jorge Rios e Pedro Cardoso
Suplentes: Nuno Midões, Tiago Garcia, Tomás Baldaque, Daniel Vieira e Rui Teixeira (gr)
Treinador: Fernando Almeida

Ao intervalo: 6-5
Marcha do marcador: 0-1 Jorge Rios (2’), 1-1 Hugo Santos (4’), 1-2 Pedro Cardoso (9’), 1-3 Jorge Rios (10’), 2-3 Alex Mount (11’), 3-3 Hugo Santos (14’), 4-3 Tiago Almeida (17’), 4-4 Nuno Midões (19’), 4-5 Tiago Garcia (21’), 5-5 João Cruz (22’), 6-5 Hugo Santos (25’), 7-5 Hugo Santos (30’), 8-5 Hugo Santos (33’), 9-5 João Cruz (34’), 10-5 Pedro Rego (41’), 11-5 Hugo Santos (43’), 12-5 Pedro Rego (44’), 13-5 Tiago Almeida (46’), 13-6 Tiago Garcia (48’), 14-6 Hugo Santos (48’)
Ação disciplinar: Cartão azul para Daniel Couto (34’), Fernando Almeida (treinador Infante Sagres) (41’), Pedro Ferreira (48’)
Faltas: AD Sanjoanense 15 | C Infante Sagres 13

Quem foi assistir ao jogo no sábado apanhou alguns susto pela primeira parte da Sanjoanense, que chegou a estar a perder por 1-3 e 4-5. Não começaram bem os alvinegros, que entraram algo nervosos e ansiosos, que prontamente aproveitaram os visitantes, que chegaram a estar a vencer por duas vezes. Os alvinegros fizeram o que lhes competia e em excelente recuperação foram para o intervalo a vencerem 6-5.
Na segunda parte, a voz do comando protagonizada pelo treinador Franklin Silva já nos balneários fez bem aos seus atletas, que nesta segunda parte alcançam uma exibição soberba, com destaque para os sete golos protagonizados pelo melhor marcador nacional neste escalão, Hugo Santos, e de toda uma equipa que em sintonia se encarregou de afundar a nau do Infante em goleada. Sente-se neste juniores uma equipa que está unida, tem o seu público cada vez mais em seu redor e, se não houverem contrapartidas, poderão chegar bastante longe nesta fase final, onde ainda não conhecem o sabor da derrota.
Para domingo, a deslocação é a Santa Cita, concelho de Tomar, num jogo que se prevê difícil devido às adversidades existentes. Este será um jogo a contar para a sexta jornada, agendado para as 17h00.

Comentar

Anónimo