Última Hora
Anúncio deverá ser feito aos militantes esta noite
Ricardo Figueiredo será o candidato à Câmara Municipal
04-05-2017 | por António Gomes Costa
Ricardo Figueiredo é, ao que apurámos, candidato à Câmara Municipal, nas eleições autárquicas que se realizam a 1 de Outubro. O actual presidente do município sanjoanense deverá anunciar a sua decisão esta noite na Assembleia de Secção, agendada para as 21 horas, na sede da concelhia do PSD.
Estatísticas

1719 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar

É o terceiro candidato a ser conhecido em S. João da Madeira à liderança do município nas autárquicas de Outubro, deste ano. Ricardo Figueiredo deverá ser candidato à Câmara Municipal de S. João da Madeira, apurou ‘ O Regional’, junto de fonte segura do partido. A mesma assume que o “sim” foi anunciado pelo actual presidente da Câmara, na última semana, ao líder do PSD de S. João da Madeira.
Questionado sobre o assunto, Paulo Cavaleiro não confirmou esta decisão do autarca que, ao que tudo indica, liderará a lista da coligação PSD/CDS-PP, nas eleições autárquicas.
A decisão do autarca “tardou em chegar “, apesar da maioria dos militantes “nunca ter duvidado que seria ele o candidato”, deu conta a mesma fonte à nossa reportagem.
A sua decisão deverá ser anunciada aos militantes durante a Assembleia de Secção, que irá decorrer hoje, dia 4, pelas 21h00, na sede da comissão política concelhia do PSD de S. João da Madeira, na Avenida Dr. Renato Araújo, que tem como pontos em discussão a análise da situação política-partidária e as eleições autárquicas 2017, refere a edição de 26 de Abril, da Revista Livre do PSD.
Ricardo Figueiredo, de 54 anos, assume os destinos do município desde 2013, como independente, nas listas do PSD. Em Outubro de 2015 apresentou renúncia ao mandato, assim como todos os elementos da lista do PSD pela qual foi eleito, justificando a decisão devido aos «bloqueios sucessivos e constantes» por parte da Oposição, obrigando a eleições intercalares.
A 24 de Janeiro de 2016 foi reconduzido presidente do município pela coligação PSD/CDS-PP, conquistando maioria absoluta nas eleições intercalares, que coincidiram com o escrutínio para as eleições presidenciais. A candidatura alcançou quatro mandatos, mais um do que em 2013.
Recorde-se que o autarca iniciou a sua actividade política ao ser eleito vereador da Câmara Municipal de S. João da Madeira em 2009, altura em que teve a seu cargo as áreas do Desenvolvimento Económico e Inovação, Ambiente e Turismo, com responsabilidade directa em iniciativas como a incubadora de empresas tecnológicas Sanjotec, o projecto dos Circuitos pelo Património Industrial, o IV Congresso Europeu do Turismo Industrial realizado em S. João da Madeira e o evento Tecnet – Business Camp.
A nossa reportagem questionou Ricardo Figueiredo sobre o assunto, mas o actual presidente não prestou declarações.

Comentários
Anónimo | 07-05-2017 17:51 "ganhou sempre por uma unha negra"
Ganhou por unha negra, à boleia do Castro, com a ajuda do CDS e de alguns socialistas, não nos esqueçamos. Um deles o agora candidato do PS e do respetivo sócio, do qual Figueiredo é cliente! Há dúvidas? JR
Anónimo | 05-05-2017 14:55 "Foi ele que se demitiu"
"Foi ele que se demitiu"? Ele? O Luís Ferreira? NNNÃÃÃOOO!
Ele foi empurrado para a demissão. Pelo Rodolfo e por um punhado de interesseiros ambiciosos de subir na política chefiados por um triunviriato que se está borrifando no partido. Um triunviriato que faz do partido um modo de tratar das suas vidas pessoais.
Isto é uma vergonha para um partido que se tem que rever na obra e na vida de Mário Soares. Uma vergonha!
Anónimo | 04-05-2017 15:48 Se o candidato fosse o Luís Ferreira...
Eu acho verdadeiramente desnecessário falar-se permanentemente em Luís Ferreira, quando sabemos todos que foi ele que se demitiu e se afastou da política e do Partido Socialista e por isso deixou de ser uma hipótese viável para ser de novo um potencial candidato pelo PS!
O escolhido candidato do PS já tem rosto e por isso é com esse que o Figueiredo vai bater-se! Vai ganhar de goleada? É isso que saberemos lá para o final do dia 1 de Outubro! Até lá tudo é possível, até porque o actual candidato do PSD não é o candidato que chegou viu e venceu! Nas duas eleições a que teve direito, ganhou sempre por uma unha negra e com a ajuda do DCS ´na intercalar! Não fosse isso...
Tenham calma e logo se verá se vai ser com toda essa facilidade! Cuidado com as surpresas!!!!!
Anónimo | 04-05-2017 14:06 Nada que não se esperasse
Sobretudo depois do PS anunciar um candidato de 5.ª escolha sem nenhuma hipótese de pôr em causa a maioria absoluta vai ser uma navegação com vento a favor até à meta.

Se o candidato fosse Luís Ferreira certamente outro galo cantaria.

Comentar

Anónimo