Integrada na Semana da Terra
«Mudar o Mundo com o Voluntariado»
04-05-2017
Estatísticas

892 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar

A peça «Mudar o Mundo com o Voluntariado», que subiu, no dia 26 de abril, ao palco da Casa da Criatividade, consistiu numa atividade do Banco Local de Voluntariado integrada na Semana da Terra, ao mesmo tempo que no Festival de Teatro, e tem como principal objetivo sensibilizar para a importância do voluntariado no mundo que nos rodeia.
Este espectáculo foi interpretada por voluntários, utentes e colaboradores da CERCI de S. João da Madeira e a história retratada é baseada no livro «Todos temos asas, mas apenas os voluntários sabem voar», da autoria de Sónia Fernandes com ilustração de Pedro Serapicos.  
A peça tinha sido já apresentada o ano passado aos jardins-de-infância; este ano, o texto foi reformulado e adaptado à idade a quem se destinava – alunos do 3.º ano. Trata-se de uma peça simples, de linguagem muito fácil e dura pouco mais de 20 minutos. Mas está lá tudo.
Alertar e esclarecer os mais novos para a importância do voluntariado, das boas práticas ambientais, a importância de dar sem receber nada em troca, são algumas das mensagem que a mesma tenta transmitir. A mensagem de sensibilização foi apresentada a cerca de 400 crianças que, através da voz do coelhinho “Cândido”, personagem principal da história, explicou  ao “Júnior” o que é o voluntariado, o que é ser voluntário e como se pode fazer voluntariado, exemplificando pelo menos duas das muitas situações em que os voluntários são extremamente importantes. Ali, os óculos mágicos do Júnior permitiam ver o mundo diferente, com uma particularidade muito interessante. “Quem faz voluntariado fica com um coração muito grande, ser voluntário é algo muito bom, é fazer o bem sem receber nada em troca”; ou mesmo, “todos podem ser voluntários”, referia. Apesar da mensagem ser simples, o silêncio era visível na sala.
Dulce Santos, elemento do Banco Local de Voluntariado e Diretora Técnica da CERCI SJM, refere que “este projeto pretende educar as crianças para a prática do voluntariado como exercício da cidadania, promovendo valores de ética e solidariedade”. Acrescenta ainda: “acreditamos que, ao lançarmos esta pequena semente com a explicação do voluntariado, estamos a sensibilizar os mais novos para importância do voluntariado, para que no futuro possam tornar o mundo melhor”.
No final da apresentação, foi distribuído por todos um crachá com a ilustração da história feita, pelos alunos do jardim-de-infância, após verem a peça no ano passado. Trata-se de um pequeno símbolo que os fará lembrar da importância do voluntariado.
O vereador Paulo Cavaleiro marcou presença na Casa da Criatividade e lembrou às crianças a importância do voluntariado junto da sociedade. A apresentação da peça contou com a colaboração do violinista “La Mouche”, embelezando a história.

Comentar

Anónimo