Campeonato de Portugal/Prio vai ter novo formato
04-05-2017 | por Augusto Lopes
Estatísticas

888 Visualizações

Outras Acções
Comentar Imprimir Aumentar Diminuir Restaurar

A partir já da próxima época, o Campeonato de Portugal/Prio vai ser jogado noutros moldes. Assim, em vez das oito séries de dez clubes como foi feito até agora, passará a ter dezasseis clubes em cada uma das cinco séries que passarão a existir, deixando assim de haver a segunda fase com séries para subidas e outras para manutenção/descida.
A subida passará a ser discutida em sistema de play-off entre os cinco primeiros de cada série e os três melhores segundos classificados. Estes oito clubes apurados irão discutir, primeiro os quartos-de-final, disputados a duas mãos. Os quatro apurados nesta fase passarão então a uma meia-final, também jogada a duas mãos, que decidirá a passagem à final, para encontrar o vencedor do Campeonato de Portugal/Prio.
A final será disputada em campo neutro e os dois finalistas garantem automaticamente a subida à Liga dois.
Quanto às descidas, passarão a ser definidas no final da fase regular: serão despromovidos aos distritais os seis últimos classificados de cada série.
A próxima época, que será jogada nestes novos moldes, será ainda assim uma temporada de transição para o formato definitivo, que será implementado em 2018/19 e terá apenas a participação de 72 clubes, em vez dos atuais 80;  dentro de duas épocas, o Campeonato de Portugal/Prio contará apenas com quatro séries, com 18 clubes cada.
Como tem acontecido até aqui, a constituição de cada série será determinada pela localização geográfica dos clubes, com os emblemas da Madeira e dos Açores nas séries mais a Norte e a Sul, respetivamente.
Entre várias associações, a de Aveiro aprovou este novo formato e, ao que conseguimos apurar, por parte da A.D. Sanjoanense, este novo sistema é bem-vindo.

 

Comentar

Anónimo